Itabuna: “Os desmandos na FICC são sérios, caso de prisão”, diz investigador.

  O caso que envolve a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania é a ponta de um iceberg que poderá levar o Ministério Público a desvendar um dos maiores casos de improbidade administrativa em municípios do interior da Bahia, disse ao Blog do Bené, um integrante da Operação Vip, deflagrada na manhã desta terça-feira, dia 07, na sede da FICC, no centro de Itabuna.

  “Os desmandos na FICC são sérios, caso de prisão”, diz investigador. “As evidências indicam a utilização de recursos públicos para benefícios de particulares, durante a realização do Carnaval deste ano. A situação é grave e sobrar para o presidente Daniel Leão”, acrescentou. As investigações vão alcançar o início da atual gestão da FICC, em janeiro do ano passado.

  Neste momento, o promotor de justiça Inocêncio Carvalho, acompanhado de agentes das polícias Civil e Militar, está na sede da entidade, fazendo a busca e apreensão de farta documentação, oito computadores e um notebook, atendendo a uma determinação do juiz da Segunda Vara crime de Itabuna, Eros Cavalcanti. Inicialmente, o alvo são os contratos celebrados pela FICC este ano, relacionados principalmente ao Carnaval Antecipado de Itabuna.

  • Criado em .

© Copyright 2017 Blog do Bene   |   Todos os direitos reservados.