A Polícia Técnica de Itabuna ainda não divulgou a causa da morte de Dernival Dias Ferreira (foto). O corpo do prefeito de Itapitanga, eleito pelo PSB, foi encontrado por volta das 05h30min da manhã desta quinta-feira, dia 15, caído no quarto de sua residência, sem os sinais vitais, com um disparo de arma de fogo. O laudo cadavérico será divulgado nos próximos dias.

  Neste momento, às 9h30min, o delegado plantonista Josemar Batista da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia-Coorpin se encontra no local, fazendo levantamento. No local, é grande o numero de pessoas. Testemunhas afirmam que, nos últimos dias Dernival alegava problemas financeiros e enfrentava problemas de depressão.

  A hipótese inicial é a de que Dernival – que no próximo dia 29 de março completaria 55 anos, era separado há seis meses e morava sozinho – teria cometido suicídio. Ao Blog do Bené, amigos do prefeito informaram que no ultimo final de semana, quando descansava na praia, ele se queixou reservadamente que enfrentava uma serie de problemas.

  Em contato com o Blog do Bené, investigadores da Polícia de Itabuna não descartaram a hipótese de homicídio. Aliados de Dernival afirmaram que ele teria, nas últimas semanas, recebido ameaças. “O prefeito estava muito preocupado e, aparentemente abatido. Ele sempre fala lembrava os processo que estava respondendo na Justiça. Vinha, também, preocupado com a falta de emprego e a população”, disse um auxiliar.

  Eleito em 2016 prefeito de Itapitanga pela terceira vez, Dernival Ferreira era alvo de investigação do Ministério Público e da Policia Federal. Ele respondia a quatro ações do MPF, acusado de cometer irregularidades, em 2007 e 2008.

  No início deste ano, a Justiça Federal bloqueou os seus bens, no valor de R$ 2 milhões, e mais 36 envolvidos em desvios de recursos de Educação e Saúde no âmbito da Operação Vassoura de bruxa, deflagrada em 2008 pela Polícia Federal.

  Dernival Ferreira era investigado por uso indevido de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica-Fundeb, Salário Educação, Sistema Único de Saúde-SUS e Programa Nacional de Alimentação Escolar-Pnae.

  • Criado em .

 

  A Polícia ainda não informou as causas da morte de Dernival Dias Ferreira (foto). O corpo do prefeito de Itapitanga, na região sul da Bahia, foi encontrado sem sinais vitais, em sua residência, com um disparo de arma de fogo.

  Denival, de 54 anos, era prefeito pela terceira vez, estava separado há seis meses, e morava sozinho. Testemunhas afirmam que, nos últimos dias ele alegava problemas financeiros e enfrentava problemas de depressão.

  A hipótese de homicídio, segundo a Polícia, não está descartada, porque Dernival teria, nas últimas semanas, recebido ameaças. O prefeito era investigado pelo Ministério Público e a Polícia Federal.

  Pela redes sociais, a diretoria da Amurc lamentou a morte de Dernival. 

  • Criado em .

  Dentre os inúmeros casos de violência registrados nos últimos seis dias em Itabuna, um chamou a atenção: na noite de terça-feira, dia 13, o padre Tony Valério Rodrigues (foto) foi assaltado, na Avenida Juracy Magalhães, no bairro de Fátima. Por volta das 23 horas, ele foi surpreendido três homens que estavam num Uno.

  Com arma apontada para a cabeça, o sacerdote teve que entregar uma mala com roupas, inclusive seus paramentos, carteira com documentos pessoais e dinheiro, celular, além de notebook e um Corsa Sedan placa JRD-6340, veículo pertencente à Diocese de Itabuna. Um dos bandidos, muito nervoso, chegou a fazer um disparo para o alto.

  Padre Tony, como é conhecido, foi durante anos, pároco da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Arataca. Na segunda-feira, dia 12, ele tomou posse da Paróquia Santa Maria Madalena, na Urbis-4, que atende também ao bairro Nova Itabuna.

  Além da violência em si, o fato tem uma relevância maior porque ocorreu dez horas antes da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil lançar a Campanha da Fraternidade-2018, cujo tema é “Fraternidade e superação da violência”. Com o lema “Em Cristo somos todos irmãos” – com base no capítulo 23, versículo oito, do Evangelho de São Mateus – a campanha foi lançada em nível nacional pela CNBB, na manhã desta Quarta-feira de cinzas, dia 14, e Brasília.

  • Criado em .

  A Beija-Flor é a grande campeã do carnaval 2018 do Rio de Janeiro. A escola de samba de Nilópolis cantou contra a corrupção, a violência, a intolerância religiosa, e outros problemas sociais. Obteve 269,6 pontos.

  Última a desfilar pelo Grupo Especial do Rio, a Beija-flor fechou o “Carnaval dos protestos” com o enredo Monstro É Aquele que Não Sabe Amar – Os Filhos Abandonados da Pátria que os Pariu, a escola comandada por Neguinho da Beija-Flor empolgou a Marques de Sapucaí.

  O desfile da Beija-Flor contou com foliões vestidos de vampiro para representar o governo, além de ratos e “lobos em pele de cordeiro” no papel de políticos.  A escola também reproduziu cenas de violência nas favelas cariocas e as constantes mortes de moradores e policiais.

 Em segundo lugar ficou a Paraíso do Tuiuti, a Salgueiro em terceiro e a Portela em quarto. A Mangueira ficou em quinto lugar.

  A Beija-Flor tem agora catorze títulos no Grupo Especial do Rio, atrás apenas de Portela e Mangueira no total de vitórias.

  • Criado em .

  Empreendedorismo com Inovação Tecnológica e Motivação são os temas das palestras que serão proferidas no IX Congresso Norte Nordeste da Pequena Empresa - Nós Podemos Mais, promovido pela Associação das Micros Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais do Estado da Bahia-Ampesba.

  O encontro, segundo o presidente da entidade Valdir Ribeiro (foto), está previsto para ocorrer dias 24 e 25 de maio próximos, no auditório Paulo Souto da Universidade Estadual de Santa Cruz. “Estamos contatando com vários palestrantes da região e de outros Estados, dentre eles, o consultor Fabiano Brum, e o pró-reitor de Extensão da Uesc, professor Alessandro Fernandes”, acrescentou.

  • Criado em .

 

“Quero parabenizar toda a tropa, os comandos das Polícias Militar e Civil, os Bombeiros e toda a equipe da Secretaria de Segurança Pública pelo trabalho duro e de dedicação durante o Carnaval. A PM da Bahia é reconhecida por todos os Estados como a que tem mais experiência e aparato tecnológico para organizar eventos de multidões. E, mais uma vez, garantimos um resultado positivo este ano”, disse Rui Costa, ao se referir ao balanço apresentado pela Secretaria da Segurança Pública.

  Na manhã desta quarta-feira, dia 15, o governador destacou o empenho de cada policial no desempenho do trabalho que fez da Operação Carnaval 2018 um sucesso. “O Carnaval da Bahia não teria esses números positivos se não fosse a dedicação desses homens e mulheres que se sacrificaram todos os dias de festa, muitos deles longe de suas famílias, para garantir a ordem e a segurança em todos os circuitos. Enquanto o folião brinca e se diverte nas ruas, esses policiais trabalham debaixo de sol quente e durante a madrugada. Por isso, merecem não só o meu reconhecimento, mas acredito que de toda a população”, afirmou. 

  Ao todo, 25 mil policiais militares atuaram nas festas de Carnaval em toda a Bahia. Em Salvador e Região Metropolitana, um efetivo de 13 mil PMs fizeram a segurança da festa.

  • Criado em .

  A participação popular como o responsável pela alegria nas ruas de Ilhéus, durante o período do Carnaval, foi estacada pelo prefeito Mário Alexandre. Este ano, a cidade cancelou a festa oficial, sob a alegação de que o momento de crise nacional requer total responsabilidade e os "pés no chão" dos gestores municipais.

  A avenida foi ocupada de forma espontânea pelos foliões. Blocos, paredões, grupos de mascarados deram o tom da festa. A Prefeitura organizou segurança, orientação no trânsito e serviços de saúde. Além da área central, os bairros fizeram a festa. No interior, Couto e Sambaituba, caíram na folia.

 Em janeiro a Prefeitura registrou um sequestro por parte da Receita Federal de R$ 4,5 milhões e viu suspenso o repasse de recursos do governo federal. “Tenho a convicção de que a medida adotada foi a melhor para a coletividade, mas, mesmo assim, a festa que aconteceu de forma espontânea valeu pelo espírito da alegria que reinou na Avenida Soares Lopes, proporcionado pelos blocos, associações ou em pequenos grupos de mascarados”, garantiu o prefeito.

  • Criado em .

Uma sindicância da Superintendência Municipal de Trânsito de Ilhéus vai apurar o desaparecimento de 341 multas de trânsito, retiradas indevidamente do sistema no período de 2011 e 2014, durante outras gestões. O ato foi publicado no Diário Oficial do Município.

A apuração vai durar vinte dias e havendo indícios ou materialidade das denúncias será emitido parecer atribuindo a correspondente sansão administrativa ou encaminhamento a Corregedoria Geral do Município para abertura de Processo Administrativo Disciplinar. Ao Ministério Público será feita uma denúncia crime.

  • Criado em .

© Copyright 2017 Blog do Bene   |   Todos os direitos reservados.